Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Eu-calipto: a folha é alma da planta



Ser verde

Ser amarela

Tons de primavera a verão
Estão

Dispostos

Expostos

       Refletidos em raios solares

   Por entre folhas

  Entre galhos!

  Hipnótico

  Exótico

  Ser verde

  Ser amarela

  Ser todas as cores

  Que são capazes de existir

  Nas quatro estações

  O movimento
 
  Feito
  Com o vento

  Atento

  Sorvendo

  A beleza da natureza

  Em sua mais natural forma

  : pureza!


Por: Nara Aragão

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Brincadeira da cadeira,

Uma bolha de sabão leva à loucura

Pura

Estoura

Enamora

Dura poucos segundos

No qual o mundo

Parece e carece

Um momento de parar

Com uma imagem fotografada



De repente surge de algum lugar

No ar

No cano

Embaixo da mesa

Embaixo da cama

Ama

Odeia

Ri

Chora

A emoção de uma criança é verdadeira

Vibra, luta, corre – só falta voar!

No ar

Lançando o sorriso ao movimento do vento

A embalar dias nublados – o tédio

O prazer de se fazer feliz

Com, um carimbo feito com batata

Cola feita com água e farinha

Ou bonecos com massa de pão



O barro não é sujeira é alegria

Tinta na mão não sujeira é harmonia

De cores, de flores e amores

Coloridos tal qual enxerga os olhos

De quem vê o mundo como uma criança

Rabisco, petisco, menisco...

Simples sempre simples

A ponto de fazer complexo

A simplicidade de um rabisco nunca folha de papel jogada ao léu



Olhando além...

Aquém de qualquer coisa fútil e insignificante

Embalado na observação do caminho das formigas

Sejam elas carregando folhas

Ou

A brincadeira com o “amicão”



Simples e puro de coração!

Sejamos o que nunca deveríamos deixar de ser:

“Crianças eternas”

Por: Nara Aragão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...