Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

domingo, 28 de agosto de 2011

Diálogo interior...





Acho que esqueci de dizer quem eu sou!
Certezas rondam minhas dúvidas, dúvidas estas que são mais fixas do que minhas ideias soltas...
Também esqueci de falar das minhas falhas e dos meus problemas...
É preciso entender a fraqueza para os momentos que precisamos ser forte!
Só podemos entender certas coisas conhecendo os erros, por isso dizem que a gente aprende com os erros...
É preciso ser forte, mas somente iremos conhecer nossa verdadeira força no momento que mais fraco estivermos, porém a vontade de superar estará elevada é isso que vai fazer toda a diferença...




Por: Nara Aragão
___________________________________________________________________

"Você nunca sabe a força que tem, até que a sua única alternativa é ser forte." Laricy Santos


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Sentidos ao avesso



      Existem gostos com sabores de realizações, são doces, felizes, aconchegantes - ual, até o tato passou pelo sabor... Escutar a voz do coração com o pensamento ou com o que quiser essa é a liberdade de poder sentir! Enxergar as pessoas por dentro - visão de raio-x! Ouvir vozes do nada... Sentir arrepios sem estar frio ... Sentir calor da emoção... Sentir gosto amargo devido a uma situação ruim...

      Sentidos ao avesso é tudo que sente sabor, mas não é de comer! Tudo que dá frio ou calor, mas não muda a temperatura no mundo 'real'! Tudo que se escuta no silêncio e não é através de ondas sonoras! Tudo que afaga sem tocar...

     Sentidos do avesso é o que dá liberdade de sentir o mundo ao seu modo sem barreiras ou padrões...



O que por si só existe...





Os segredos são solitários! 

Eles sempre estão sozinhos e em algumas vezes dentro de uma pessoa só... 
São caixinhas recheadas de coisas e moldadas pelo tempo,
decoradas pelas histórias
e os cadeados são rompidos com o passar dos anos.
Apesar dos segredos ser algum dos moradores do interior das pessoas
eles sempre se libertam,
pois todos os problemas são parecidos
as reações frente a eles é o que difere as pessoas...
Os problemas passados serão problemas presentes
e consequentemente problemas futuros...
assim como: as coisas boas da vida...

A vida é uma sucessão de fatos repetidos...
Segredos são sucessões de fatos 
que os seres humanos querem que sejam 
esquecidos...



_____________________________________________________________________

Quero a delícia de poder sentir as coisas mais simples ...(Manuel Bandeira)


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

(Só)corre o mundo! (So)corra-me desse mundo em velocidade máxima...



Foi assim um dia dormindo
No outro acordando
Escadas com pessoas subindo
E pessoas embaixo andando
Carros correndo
Cachorros latindo
Seres diversos cochilando
Músicas dentro dos ouvidos
Barulho de buzina
Sons diversos
O tempo não para
O carro corre
A pessoa corre
A escada rolante sobe
O dia passa
O mundo não para
A criança chora
O outro grita
O outro entra
Aquele lá sai
A gente anda
A gente cansa
A gente tenta
A gente para
A gente chora
O tempo corre
O vento sopra
A gente não para
A chuva molha
A gente não para
O tempo voa
O tempo corre
Tempo, tempo?


Por: (...)

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

(...)


Vem aqui! Eu tenho pressa, a vida é breve e tudo o que eu quero sempre quero pra já!
Não deixe pra lá, a hora é essa! Dói ver o quanto as pessoas deixam a vida pra lá...
Acorde agora! Não perca tempo, busque e acredite o que há de acontecer não dá pra esperar...
Tenha foco, pedras no caminho sempre terão, mas pode até tropeçar e cair, mas já saberás como levantar!
Saia da caverna, sei que é confortável e segura, mas o sol brilha lá fora onde tudo acontece...
Então vá buscar...

sábado, 13 de agosto de 2011

(***)...


   

     Um dia aprendi a andar e você estava lá comemorando cada passo que eu dava, cada palavra que eu tentava falar em cima de outras existentes e dava gargalhadas com minhas risadas inocentes tão sinceras que nem motivos muito grandes precisava para que elas brotassem do meu rosto.

     Por vezes, o percebi tão longe quando passei a entender um pouco do que era eu e o que era você na minha vida! Mas antes de percebê-lo longe senti cada momento como uma dor estranha, ela não era física - eu queria te abraçar e não podia, eu queria conversar e  não tinha assunto, eu queria só ter um pouco de atenção e não sabia como atrair, mas enfim... Criança eu era, criança ainda sou nesse aspecto preciso de você do mesmo jeito de quando eu tinha necessidade de colo para ser locomovida ou de um braço "forte" para abrir a garrafa de refrigerante!

     Sempre sonhei com histórias de novelas e filmes para minha vida - sei que é ficção -, mas a ficção na vida é a realidade de cada momento! Sempre admirei suas qualidades, mas nossos defeitos se chocam com muito mais frequência.

     Abrindo cada página da vida percebo que o erro vem de longo tempo, o erro que ambos cometemos e que o orgulho persiste em deixá-lo existindo entre nós. Já aprendi que para algo dar certo sempre um tem que abrir mão, mas parece tarefa impossível essa! Será que é esse o futuro que queremos pra gente? Será que essa realidade satisfaz essa infelicidade de perceber o doce ser amargo por pura falta de vontade de melhoria? Será que é isso que quero continuar vivendo?

    Infelizmente é ruim perceber que a distância do que está tão perto dói, mas é ela que me mantém perto de você e tudo isso porque: existe um "elo" maior...



Por: Nara Aragão


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

O conhecido que desconhecemos...



     A marca da vida é o que passa! Enquanto estamos vivendo o momento ele está acontecendo, tudo é presente e nada parece que vai mudar, mas as transformações na vida são silenciosas, por vezes breve e outras lentas. Mudanças bruscas acabam nos assustando, mudanças lentas nos pega de surpresa e a acomodação vem desse tipo de mudança.

     Tudo fica registrado no momento em que percebemos quando e o quanto o todo está diferente - o mais difícil é que isso pode ser negativo ou positivo. Pare, pense, observe e siga: não existe acerto sem erro e nem todo erro só leva para o caminho ruim! O que a vida sempre grita pra todos nós é: "Não desista, persista!"

    Ser a mudança é superar si mesmo, os desafios que exigem acreditar e buscar o desconhecido que nos faz crescer e aprender muito mais do que imaginávamos...



Por: Nara Aragão...



terça-feira, 9 de agosto de 2011

Abstrair -se e parar para pensar...



    Não aprendi a voar, mas nem por isso deixo de pensar alto. Nunca soube sobre o saber, afirmar, confirmar e admitir, isso é para os corajosos - sigo 'gerundiando' para poder afirmar um dia...-, sempre caminhando e buscando! 

     Não aprendi a ficar no chão quando cair, aprendi a deixar as lágrimas escorrerem, mas logo em seguida erguer a cabeça e seguir! Não sei o porque de muitas coisas - e nem quero saber! O que é pra mim, em mim está e no determinado momento vai vir - dizem que nossa história já está nas páginas do livro da vida, onde palavras se perdem por acomodação e outras se criam por ousadia! 

     Não quero ser mais um número de documento, quero fazer a diferença! O que não sei posso aprender,  o que eu busco posso alcançar, mas o mistério do amanhã sempre vai existir... Tudo o que não cabe em mim, transponho em palavras sejam elas no silêncio de um texto que grita ou em uma conversa qualquer que elas brotam de não sei onde...     

     Diga-me que sou estranha, anormal e maluca. São todas as coisas que conseguem atingir o que realmente sou. Ser normal e igual ficou para as máquinas programadas que seguem um ritmo, uma rotina e uma linha de funcionamento! Não podemos deixar que o ser humano seja um robô com veias, artérias, e uma mente que 'pseudopensa'... 

     Ser sincero consigo mesmo é algo extremamente interessante, só que as máscaras que cobrem os rostos de muitas pessoas acabam se tornando uma extensão do corpo escondendo a verdadeira identidade ... 

     O teatro da vida não repete a cena, sempre irá para a próxima ...



Por: Nara Aragão




domingo, 7 de agosto de 2011

Aquilo que é indescritível...

    

    O corpo é algo que diz com movimentos, demonstra com gestos, atitudes e vive tudo isso em todo seu conjunto. Nada se esconde, tudo muda, move, mexe, anda, corre, pula e mil outras coisas mais é capaz de fazer. No corpo podemos ser desde uma semente até a árvore!

    Somos animais não menos e também não mais que qualquer outro. Ser racional tem seu lado positivo e negativo!

    A vida é a arte de carregar um tesouro, muitas vezes está conosco, mesmo que não saibamos de sua existência!

    O que há é apenas a vontade de descobrir, a persistência pra alcançar e a vontade de vencer. É o que move o mundo é o que leva a gente pra ir além!

    Somos sensíveis por culpa nossa, falhos por insistência nos erros e inteligentes em nunca querer parar de alcançar os objetivos!
   
    O que há de novo? Nada! Tudo é como sempre foi e nada continua a não existir! O ser humano continua sendo uma espécie e aprender continua sendo um grande desafio!


Por: Nara Aragão

terça-feira, 2 de agosto de 2011

A u t o R e t r a t o ! ! !





Não me procure em obras prontas,
                       -sou obra inacabada em criação e recriação constante...
Não me procure em textos concluídos
                       - sou palavras sem nexo, buscando sentido...
Não me busque em uma árvore
                      - sou semente a germinar e que tenta crescer
Não me busque na perfeição
                     - sou retrato do erro, da falha e do crescimento...


Por: Nara Aragão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...