Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

sábado, 30 de julho de 2011

Erros...



"Do que adianta escrever a história da minha vida a lápis se não existe borracha para que eu possa apagar os erros..."

Por: Nara Aragão

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Era uma vez...



...uma menina de coração apertado,
sentia-se também um pouco agoniado.
Estava frente a situações desagradáveis,
mas, enfim, rentáveis.
Aprendeu com dores e sofrimentos
aquele que em determinados momentos
a fizera crescer!
E em um belo amanhecer,
a lágrima salgada que escorria
Sorria!
O choro que soluçava no peito se alegrava
Que nem ela acreditara
superar a tal situação na qual se desesperara...
Mas o bom é saber que tudo passa
mesmo em crises, tristezas, desespero e agonias...
"Agora eu era" uma vez...
Somos sempre uma única vez,
somos sempre momentos únicos...
e como é a ordem cíclica da vida:
Tudo era uma vez... 
Tudo é presente passado
e futuro esperado!



porque tudo vai e esvai!





Por: Nara Aragão


segunda-feira, 25 de julho de 2011

Feliz dia do Escritor!

   


     "Galerinha, vou deixar uma homenagem singela a todos aqueles que tiram de suas cabecinhas coisas inusitadas e fazem grandes descobertas do mundo interior e exterior através da exposição de palavras...."

     Mentes brilhantes, pessoas imortais, histórias inesquecíveis e muitas outras coisas são compostas por esse grupo de pessoas que fizeram, estão fazendo e vão fazer muitas histórias ou estórias... Várias pessoas que abriram suas mentes e mostraram da forma mais nua seus pensamentos que até hoje trazem diversas interpretações, pois como diz um escritor que conheço "O texto nunca se esgota"... Então por isso parabenizo cada um que tem coragem, paciência de escrever cada palavra que vem a mente acompanhada das ideias mais variadas e fazem isso com muito carinho, isso vale para todos os escritores!

     Quero deixar claro minha admiração e carinho por cada um, pois admiro tanto os escritores famosos - citar nomes aqui vai ser difícil -, como os meus colegas blogueiros que tanto carinho para escrever cada postagem apresentam - digo o mesmo em relação a citar nomes...rsss
   
     Parabéns a todos nós que não limitamos nossos pensamentos a nós mesmo, o dom de dividir com o mundo o pensamento é para todos, mas expor em palavras ficou para os ousados e corajosos que não tem medo de mostrar e registrar o verdadeiro eu ... pois sempre ao escrever uma parte da gente sempre fica lá!

     Feliz dia do escritor e NUNCA deixem de escrever....  



     "Aquilo que nasce das profundezas do pensamento e de toda sinceridade da alma, nunca deixe de criar! Toda forma de arte é uma forma de libertação da alma e de autoconhecimento, afim de ajudar o próximo e a si mesmo..."



Por: Nara Aragão...

sábado, 23 de julho de 2011

A decisão




     Tenho lágrimas nos olhos, pensamentos na cabeça e sentimentos a milhão rondando por cada centímetro quadrado do meu corpo. O que acontece é que muitos fatores nos fazem sentir mil coisas, viver mil vidas, pensar inúmeros pensamentos e tudo isso cabe em uma vida.

     Tenho pessoas que fazem parte da minha vida, tenho uma em específico que me completa como ser humano e tudo isso cabe em mim!

     Tenho tantos medos, angústia, receio e às vezes uma certa tristeza, mas isso não faz parte de mim! Isso invade sem que eu queira...

     Mas tudo isso faz parte, pois é a incrível arte de viver e levar a vida... Ser feliz requer algum esforço...



Por: Nara Aragão


Sempre!

Pensando entre páginas:



Tantas coisas acontecem na vida, tantas coisas se perdem nas lembranças e tantas outras ficam marcadas...
São tantas fases do que não é jogo, são tantas fases que não pertence a lua e são tantas fases de mudanças...
São tantos risos e sorrisos, são tantas lágrimas e são tantos sentimentos...
É tanta vida pra tão pouco tempo, tantos sonhos pra tantas limitações e tanta esperança pra nunca parar...
São poucos que percebe isso, são raros os que realmente entendem o que é essencial e tão único cada um de nós...
É tão pouco tempo pra tanta coisa que queremos fazer, é tão pouco espaço pra tanta vontade de correr e tão grande é nosso pensamento frente a realidade...
São tantas pessoas para ocupar espaço no mundo, mas são tão poucas para fazer a diferença...


Por: Nara Aragão


quarta-feira, 20 de julho de 2011

Através do vidro




     A vida é uma coisa tão abstrata que podemos comparar com muitas coisas desde as mais simples até as mais complexas.

     Parando para olhar ao redor me deparo com um situação engraçada, olhar através da janela de um ônibus e ter uma visão estranha, simplesmente, fora do normal! Estranho isso, não? Pois é, foi o que aconteceu, o caminho de sempre, os lugares de sempre,- só não digo as pessoas de sempre - , mas tudo o que era normal estava diferente! Logo, isso me fez pensar na vida.

    Acredito que podemos entender a vida como a enxergamos. Conseguimos comparar como olhar através de vidros que encontramos diariamente desde fumê, transparente, coloridos, preto, embaçados, com desenhos entre mil outros efeitos mais...

     Sinto que cada fase ou momento da vida estamos expostos a um vidro diferente desde transparentes até ofuscados...Sei que cada momento desse é crucial, pois saber o que há atrás do que não podemos enxergar, ou enxergar através do pó que toma conta do vidro é tarefa para poucos, mas necessária! Viver é aprender a enxergar através do vidro e interpretar as ilusões que os mesmos podem apresentar.

     Nem sempre lá fora está nublado, o vidro pode estar embaçado!




ps.: Filósofos de janela de ônibus! Prazer! (:



terça-feira, 19 de julho de 2011

...realizar é possível, só basta ter coragem...





O que dói muitas vezes não acordar de um sonho é ter coragem de lutar para torná-lo realidade. 
Muitas vezes o caminho é longo com pedras, buracos e muitas dificuldades, todos temos consciência disso, mesmo sem saber o que a de vir pela frente...

Os sonhos tem o dom de gritar no maior silêncio que possam estar expostos... Escutar e aceitar a missão é tarefa para poucos. Tente fazer parte desse grupo, pois muitas vitórias só chegam com muito esforço...

Dias coloridos e dias cinza - ambos vão fazer parte!



Desabafo III: Por um novo amanhecer



         Por diversas vezes um sentimento de desanimo vem a tona! Aquele que grita no peito, ensurdece o coração, faz vibrar sons desagradáveis e acabam sendo tomadas as atitudes erradas em momentos errados! Tudo isso influencia muitas coisa, não só no hoje, o que acaba trazendo resultados futuros que podem ser até irreparáveis...

        Um jardim que sangra não deixa as rosas mais vermelhas, deixam mortas! Não é esse vírus que quero no jardim da minha vida, portanto, alegro-me ao ver a capacidade que tenho em silenciar o grito do desanimo vendo a alegria nos olhos daqueles que mais motivos têm para chorar e estão sorrindo, é isso o que ajuda a combater esse ser asqueroso capaz de transformar dias em noites. Sinto que essa capacidade de ver nos olhos de quem realmente tem motivos verdadeiros para tal e mesmo assim não se entrega para a tristeza provém de uma grandeza maior um sentimento de supera qualquer coisa ocasionada por motivos fúteis! 

        Podemos até sentir tristeza em determinadas situações, mas não podemos deixar que ela se faça nossa guia. O caminho percorrido com ela não nos faz bem, enfraquece a alma, diminui as boas expectativas e atrasa o funcionamento da esperança...

      A esperança e a alegria tem força e fragilidade- ambos simultaneamente, simplesmente, porque depende de quem está abrindo a porta e recebendo da melhor forma cada uma dessas duas visitas...

         Por um sol que brilha nos olhos de quem tem tudo para ter a noites, mas enxerga a vida em sua essência verdadeira...



sábado, 16 de julho de 2011

Números... 1, 2 ,3 ... ∞





Números da alma... 
Aquele que ninguém conseguiu chegar
O número é como universo 
Todos conhecem um pouco do seu começo 
Procuram entender o meio, 
Mas nunca chegarão ao fim...




Por: Nara Aragão


ps.: fragmento de um poema chamado "Plural dos Números"...


sexta-feira, 15 de julho de 2011

Palavras no silêncio...




Qual o efeito das palavras no silêncio?
Elas são variáveis - mas profundas, podem ser duras - mesmo sendo leve, e acabam levando a maiores reflexões...
Por isso algumas, ou melhor, muitas vezes em determinadas situações o silêncio é a melhor resposta...



Por: Nara Aragão


quinta-feira, 14 de julho de 2011

R & R = Renovar e Recriar





A inspiração é algo concreto, tão concreto que não se perde! Sempre se re-nova e se re-cria...
Num ciclo de relação entre a arte e o criador!

Por: Nara Aragão

Vida



Acredito em sonhos, pesadelo, descrença, ilusões, nada, tudo e todo... 
Sou um microrganismo aos olhos do universo - mas acho que sou mesmo uma molécula que ele nem percebe direito, sou uma formiga quiçá menor ainda de quem me vê de um avião pairando no ar como um pássaro de asas paradas...
Mas sou grande,  já tenho grande vitória, dentre vários que tiveram oportunidade de ganhar a vida eu estava lá nessa competição e o melhor: GANHEI...
Saiba dar valor ao presente único, aos momentos únicos e a tudo o que acontece, pois a vida é breve!

terça-feira, 12 de julho de 2011

Entre dias e noite existe a vida!





Não sei sabe, mas o sabor da lembrança às vezes é tão doce...
Lembrar com o coração é reviver aqueles momentos...
A magia da vida é se surpreender com cada coisa que passamos
É acreditar que o velho é tão bom quanto o novo...
Cada fase foi importante...
Os passos, o cansaço, as dores e as marcas
São registros de experiência e perseverança no caminho seguido...
O que ficou pode ter marcado
O que acontece hoje a de passar...
E o que há de vir só Papai do céu sabe...
Tenho pessoas que me fizeram chorar.,
mas também muitas me fizeram sorrir...
Aprendi, suei, chorei, dei muita risada, acreditei...
E ainda hoje estou aqui na luta de sempre
Ajustando-me a realidade
Acreditando em dias melhores
e vivendo cada minuto intensamente
Acredito que a vida não é um mistério,
mas viver BEM tem os seus...
digo mais: é mais simples do que muitas pessoas pensam...



Por: Nara Aragão


segunda-feira, 11 de julho de 2011

Um jeito estranho de ser...


Algumas coisas acontecem de repente
Tão recente quanto qualquer coisa antiga
Apenas quando acontece se sente diferente
O brilho antes escondido em uma intriga

Fico exposto se fazendo de encosto
Aquele não sabe se vai ou se fica
Mas eu sei de um pressuposto
Eu tenho uma autocrítca

Aquele que faz um julgamento a si mesmo
Demonstrando erros e acertos
Que às vezes lançado ao esmo
Pensamentos são lançados por caminhos incertos...

Pelos cantos vou pensando
No quanto tudo é parte do todo
E mesmo assim continuo caminhando 
Mantendo meu jeito altivo e todo formoso!




ps.: diálogo entre bonecos...engraçado isso!

sábado, 9 de julho de 2011

...






"As palavras que não escrevo ficam vagando em um mundo, soltas, livres e desordenadas, na qual a sequência do alfabeto pode ser misto, ou seja, a ausência de ordem faz das minhas palavras soltas serem como crianças brincando em uma piscina de bolinhas, ou talvez, como a ordem e o progresso do Brasil." 




Por: Nara Aragão

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Para refletir...



As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.
(Fernando Pessoa)


por: quem admira as coisas de simples da vida e as palavras sábias do Fernando Pessoa...

terça-feira, 5 de julho de 2011

Desabafo III: Como um pássaro sem asas...

Fonte: Imagem extraída do blog bloínquês



Como um pássaro sem asas me vi subindo as escadas de um prédio e a cada janela que passava eu olhava para baixo e mais em cima eu estava. Tudo isso consegui como um pássaro sem asas!

Como um pássaro sem asas me vi chegando alto, e mesmo sem condições de voar minhas pernas me levaram tão alto que nem eu consegui imaginar.

Como um pássaro sem asas minha mente aprendeu a voar mais alto do que eu sabia e que ela poderia fazer... Tudo isso porque perdi as asas!

Como um pássaro sem asas, minha vontade enlouquecida de sentir o contra-fluxo do vento no meu rosto me fez querer se arremessar do ponto mais alto que pude encontrar pela frente!

Como um pássaro sem asas que ama voar minha única vontade era se jogar de cima de qualquer coisa, poder ver o mundo de cima, poder ir onde sempre estive... em  carne ou pensamento eu estava lá...Sempre voando...

E ao contemplar a beleza do alto de onde eu estava optei por viver mais uma vez, quis dar a oportunidade de viver mais uma vez, de recuperar todas as feridas que me fizeram perder as asas e observar a beleza da vida que é um presente único ganhado somente uma vez por cada um que tem oportunidade de tê-la...



______________________________________________________________
ps.: Muitas vezes na vida estamos em situações parecidas no alto de um prédio querendo se jogar, mas vem a mensagem do além: "Tente outra vez"; "Desistir é para os fracos e covardes..." e "Lutar sempre"... Logo, quis demonstrar um pouco do que penso sobre esse assunto que é muito relevante...


Pare, pense e prossiga


O que não há de ser, não será...
A acomodação
O desanimo
A falta de vontade
A falta de perserverança
Embriagam o desejo de ir além...

O que não pode ir, não vai...
A preguiça
A tristeza
O tédio
Tudo isso faz diminuir a força de ir pra frente...

O que não fala, fica mudo...
Mudo que não muda
Tudo que nada acontece
Estátua que se move
Zumbi
Máquina quebrada
muitas outras definições cabe a quem está estacionado...

O que não olha, não vê...
Aquele que fecha os olhos
Quem não sai do quarto
Quem adormece os sonhos
Quem ignora os objetivos de vida
Não vai, não segue, não vê, não sente, não consegue...

O há de ser: o oposto a tudo que é ruim,
e ser amigo dos problemas, aceitar que com eles
poderemos aprender as 
:possíveis soluções...

Dói assistir uma luta principalmente quando é nossa e não estamos  envolvidos para buscar a vitória...
Seja a arma e o escudo na sua batalha, só eles poderão dar suporte para avançar contra o inimigo...



ps.: não basta ter somente o título de guerreiro tem que fazer honra ao título, ou seja, LUTAR...



Por: Nara Aragão


Música p/ baixar: Fairy Tale - Shaman...♫
Video da música: Fairy Tale - Shaman...♫

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Aquilo que naturalmente acontece...



Eu não sei o quanto 
é fácil ou complicado 
aceitar as mudanças 
sejam elas: 
delicadas, 
cuidadosas, 
intensas, 
boas, 
ruins, 
difíceis, 
tranquilas 
entre outras

A mudança é a única coisa permanente na vida...
O que não muda - fala...
O que não emudece - conquista...
O que não fala - enlouquece
O que enlouquece fica perdido em seu mundo pessoal...

Mudança abrupta em momento único na vida
:seres capazes de se orientar pelos números...
Muda através de números,
Transforma em quantidade,
Mudanças essas quantitativas ou qualitativas...
Mudanças, mudanças, mudanças...

O que não muda - morre 
O que não acorda - apaga
O que não vive - deprime
O que não sonha - desanima
O que não tem coragem - desiste

Mudar para o bem 
Olhar para si
Começar em si 
Viver por si
Para poder dividir tudo de bom com o próximo...


Por: quem cresce, amadurece, às vezes volta ao estágio inicial...

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Músicas vastas músicas: o que seria de mim sem vocês?

     Ao escutar música posso sentir meus eus brincando, pulando, cantarolando sem pejo algum... Sentindo uma abstração ao se deparar com algo tão envolvente, tão incitante, tão único e tão intenso que não vai somente aos ouvidos, vai a algo superior, que chega a tocar a alma...

     Ao escutar música, às vezes um dos eus chora e quer aparecer, ou tem aquele que dá a balançadinha disfarçada na perna ou aquele que arranca um sorriso que você nem percebe... está desenhando seu próprio rosto... E quem está ao redor olha com cara de espanto...

     Ao escutar música, posso sentir como uma máquina que lava roupa suja - exemplo grosseiro - mas sinto-me limpa, leve e livre de sujeira, dá paz de espírito, claridade para momentos de escuridão e alegria de viver...

     Ao escutar música, sinto-me carregada nos braços do sagrado, tenho certeza que essa sabedoria tão vasta, com uma gama enorme de tipos e variedades, Ele não deixou a toa no mundo...

     Ao escutar música, determinadas vezes sinto que eu posso ser mais eu apenas pelo embalo e liberdade que a música dá aos pensamentos, envolvidos com seu som, com seu todo e por vezes com suas partes...

     Ao escutar música: som de vozes são melodias raras e únicas; instrumentos são dedos que acariciam os pensamentos, são momentos de criação e liberdade de expressão, tudo de acordo com o que passa pela cabeça no momento em que a música embala a inspiração naquele momento...
    
     Ao escutar música, sinto o passado, vivo o presente, guardo as boas para o sempre e também para o futuro... 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...