Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

sábado, 19 de junho de 2010

Olha o que a felicidade faz com a pessoa...


Sem querer me pego viajando nos meus pensamentos e olhando a realidade...
Como pode algo real parecer tanto com situações imaginárias e fictícias?
Vi um abraço super hiper empolgado como só via em filmes de romance...
Vi um velhinho tão bonitinho que parecia o "papai noel" do Natal...
Vi uma criança no braço da mãe e lembrei do poema "Eu aprendi, Shakespeare"...
Senti o vento no meu rosto e lembrei da frase do Fernando Pessoa: "As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."
Se são essas pequenas coisas que fazem valer a pena viver então eu vivo!
Vivo para compartilhar momentos felizes com meus amigos...
Vivo para sonhar e buscar alcançar...
Vivo para lutar, chorar, sorrir, amar, brigar, cantar, etc etc....
Vivo porque a minha única oportunidade é essa.
Vivo porque o amanhã pertence ao futuro e o futuro não me pertence...
Vivo porque não me resta outra saída...
Vivo porque essa outra saída o tempo se encarrega de abrí-la...
Vivo porque tenho minha vida...
Vivo porque tenho que aprender a viver mesmo estando viva...
Vivo porque o aprendizado da escola da vida não tem fim...
Vivo porque estou sempre de recuperação...
Preciso aprender a ouvir mais...
Chorar menos...
Sorrir mais...
Aproveitar meus amigos mais...
Trabalhar menos...
Sonhar mais...
VIVER mais...
A vida é feita de momentos, momentos estes que nada mais são do que:
Atitudes tomadas, decisões feitas, palavras ditas, pensamentos expostos, música cantada, frases escritas, poemas declamados, estrelas observadas, livros lidos, amigos ao lado e tudo mais que passa na cabeça da gente...
VIVER e não se preocupar com o próximo minuto...
Cada minuto passado pertence ao tempo morto, algo que não volta...
VIVER e não pensar muito antes de agir, agir sem pensar...
PENSAR para refletir e não para bloquear...
REFLETIR para criar o mundo interior...
CRIAR é algo sem limite...
LIMITE é a natureza do homem, mas não sua essência...
Quero voar como um pássaro, arriscar como um adolescente, ter conhecimento como um velhinho, sorrir e chorar como uma criança...
Afinal, a vida nada é mais é...
do que uma grande festa, pois a gente chega depois que começa e sai muito antes de acabar...
"O fim é belo incerto depende de como você vê", Fernando Anitelli...
Presente, passado e futuro
Presente que foi passado e futuro que vira presente...
Sei que sou apenas um sujeito simples em minha frase em minha oração...
E isso me torna tão comum que mal posso esperar para ter outro surto de despejo de palavras...
Essas que me fazem bem escrevê-las...
Essas que saem sem ao menos eu me esforçar para sair...
Essas que são apenas rascunho e apenas uma pequena célula que sai de uma cabeça em desenvolvimento constante e se descobrindo a cada dia, a cada hora, a cada minuto e a cada segundo...
Chega de escrever já está ficando chato...
"Só quero saber o que pode dar certo, não tenho tempo a perder..."

Por: Nara Aragão

2 comentários:

  1. Sei que esta é uma atitude de preguiçoso, mas só posso resumir em uma palavra: Emocionante!

    Parabéns mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Na, lendo essas palavras, sinceramente, me senti doutrinado por uma grande "mestra"...Incrível como vc expõe os sentimentos, ações e reações minuciosas de forma tão prática e cativante...

    PS: Vivo porque minha vida é o sucesso que brilha em meus olhos...E vc faz parte desse sucesso!

    Muito grato!*-*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...