Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

sábado, 25 de junho de 2011

Picos e vales: A arte de ser Humano...


Sou o que chamam de uma pessoa,
Sou o que dizem ser um humano,
Sou o que ganha nome antes de nascer,
Sou aquilo que cria e destrói,
Sou o que tem pólos de humor,
Sou o que não sabe o que quer,
Sou o que anda sob duas pernas,
Sou o que tem alegrias e tristezas,
Sou o que tem dentro de si o bem e o mal,
Sou cabeça, tronco e membro,
Sou roupa, correria e atraso
Sou força, fé e coragem,
Sou guerreiro, lutador e criança,
Sou tempestade, raios e trovões;
Sou brisa e vento leve,
Sou esperança e compaixão,
Sou somente corpo e orgãos,
mas também
: Sou alma e coração...

Se ser humano define-se assim eu SOU!



ps.: eu não aprendi a arte de entender algo tão simples e tão complicado como é o ser humano...Tento deduzir o incerto, isso me faz bem...chegar a conclusões sem razão...

3 comentários:

  1. “O ser humano só é humano até o momento em que sua animalidade o abstraia de si!”

    Já te vi por vezes doce,
    por vezes delicada,
    por vezes doida,
    por vezes manhosa,
    por vezes astuta,
    por vezes displicente,
    por vezes genial,
    mas sempre, o que a torna mais humana:

    Ser Cinara!!!

    Lindas letras escolhidas, para uma breve e límpida conclusão!

    =)

    ResponderExcluir
  2. As sem-razões do viver são conclusões muito mais poéticas e reais como essa que saão capazes de mostrar o diferencial que a faz única, singular
    :justamente o fato de carregar consigo a humanidade a qual exerces tão bem.

    Belo domingo a ti.

    ResponderExcluir
  3. FREICO: muito dankin pelo comentário-poema...Tão lindo, sensível, e muito mais...=) Um Beijooo

    ANDARILHO: com suas observações além do texto, sempre percebendo coisas que sempre enriquecem, muito dankin!!! Um abraço..=)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...