Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Um simples ato de grande intensidade...


"Aconchego é o que há de se sentir quando
 dois corações se tocam em um 
momento de grande 
pacividade e 
intensidade...
:o Abraço"



3 comentários:

  1. O aconchego do meu coração = Nara ... a rainha dos meus sonhos, sejam eles acordado a observá-la, ou dormindo a contemplá-la ... feliz que sou!!!


    Nosso abraço é único!!!

    ResponderExcluir
  2. Tão único que além de vontade já dá sede!!!;-)


    Um abraço único pra vc!

    ResponderExcluir
  3. JOVENS CEREJAS



    A vida é tão perversa quando aparece

    que o frescor primário

    demorado instala,

    só que de forma ou outra vem,

    deixando veneno e gostando

    o gosto de cereja na boca.

    Não é frescura reticente. Volúpia morta.

    É delícia fremente

    de se ter cerejas na palma das mãos.

    A solidão é farsa condutora...

    sarapantada pela voz rouca

    e tremida das aventuras...

    vem remorso: em lis.

    As vezes... figura tão cansativa

    que chega a dar sede

    MAS NÃO SEDE QUE SE ACABA COM ÁGUA;

    E SIM, SEDE QUE COM SEDE SE ACABA

    É desejo que se cura em doença,

    boa e fecunda.

    Furta-cor inerente no mundo,

    de nome Paladar.

    Agora me deixe...

    Vou saborear dum gosto

    que só o mundo me oferece.

    E desfrutar um pouco:

    (vou me cobrir de cerejas).

    _Poeta Inconsciente_

    PS: Encontro mais realidade nesse poema agora que o vivo... *_*

    Minha melhor cereja!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...