Outras Páginas...

Sejam bem vindos ao Reticências... "(...)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Quem vai?


Eu, mas eu sou muitos
Muitos não, Sou único!
Mas eu já disse que sou eu!
Eu quem?
Que estava ali na esquina!
Esquina tem gente?
Gente não, calçada!
Calçada?
Mentira é a curva que faz a esquina
Mentira, existe mentira na esquina?
Existe esquina?
Esquina?
Esquina com curva que passam pessoas!
Pessoas e esquina?
Sim, pode existir mentira na esquina,
existem pessoas na esquina,
mas não existe eu na esquina...
Sabe por quê?
:estou aqui!



Um comentário:

  1. Eu vou!
    Quantas possibilidades existem numa esquina ^^

    A princípio a esquina é um pano para o poema, contudo, assim como nas surpreendentes histórias, o coadjuvante torna-se ator principal por sua beleza, brilho e coerência.

    Adorei esse poema.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...